05 dezembro 2007

Curtas

Começemos pelas más curtas

Tive de levar a minha mulher a Lisboa ontem e hoje. Já não me lembrava de como o trânsito leva as pessoas de volta às cavernas.

Desde que saí de casa até que me sentei para trabalhar passaram duas horas, grande parte das quais no trânsito. Levantei-me uma hora mais cedo e comecei a trabalhar quase duas horas mais tarde, bem menos fresco, com muito menos paciência. Leva a pensar como o trânsito tem impacto na vida e na produtividade das pessoas.

E acabemos nas boas curtas

A minha mulher está com uma barriguinha linda.

Não acredito em Deus, bruxas, astros, sorte, azar, etc, mas estou absolutamente convencido que o Giga é o meu amuleto da sorte. Desde que ele entrou cá em casa que tudo o que podía correr mal, começou a correr bem. Acho que é a atitude positiva que ele nos proporciona, uma espécie de bom karma. E não, não acredito em karma, mas acredito que uma atitude positiva influencía o que nos rodeia.

1 comentário:

PRE disse...

Tenho de concordar com o efeito Giga... chegar a casa e ter o caso de pulgas todo contente a fazer uma festa sabe muito bem.

Aliás, até sabe bem quando estamos a trabalhar concentrados e o pulguento quer à força toda ir jogar à bola. :)