31 março 2008

Como nasce a Vortix Games Studio?

Das pessoas que foram tomando conhecimento da Vortix Games ao longo do tempo, anotei várias perguntas que me foram fazendo. Acredito que para quem tenha assistido a este processo de fora tudo pareça ou estranho ou demasiadamente fácil, na verdade de estranho não tem nada, mas foi extremamente complexo.

Do feedback retirado do fórum da GD-PT, acredito que atingimos o objectivo de nos protegermos até à data de lançamento do Balloon Bliss e esse era um dos mais importantes objectivos. A comunidade em Portugal é muito pequena e era absolutamente necessário não sermos só mais um post de um eventual sucesso. Era necessário que quando viesse à luz do dia, a VGS fosse uma realidade e que tivesse um jogo na rua, num dos três maiores distribuidores online.

Vários posts que escrevi aqui estavam relacionados com o que vivi durante o desenvolvimento do Balloon Bliss e a criação da VGS. Eram e muitos ainda são, a minha visão pessoal, o meu entendimento do que é, de como se faz e como se atingem resultados. Em vários pontos escrevi que não tinha nada para provar o meu valor e apesar de achar que ainda não tenho, pelo menos tenho a experiência de ter concretizado um plano pré-definido onde apenas falhou o timming e apenas por justificada falta de experiência da minha parte.

Isto tudo para dizer como nasce a Vortix Games Studio. Afinal como nasce? Tinha de escrever um livro para contar como nasceu este projecto, desde o inicio até à publicação do primeiro jogo. Mas tudo se resume a isto: as pessoas. O que foi anunciado à pouco mais de uma semana é a ponta do iceberg da combinação de sinergias artísticas, técnicas e mais importante, pessoais. Dizemos vezes sem conta que nada disto seria possível sem cada um de nós.

Sou da opinião que a partir de agora é que é a sério, não por sermos "oficiais" ou pelo orgulho de termos feito algo extremamente raro, mas sim porque noto no nosso dia-a-dia que desenvolvemos uma cultura própria e em todas as empresas, a cultura é o que define o sucesso ou o fracasso.

Mas afinal... como nasce a Vortix Games Studio, porra?! Nasce de cada um de nós, a seu tempo, ter escolhido e apostado em cada um dos outros, no momento certo.

Uma vez escrevi um texto que acabava assim: "Olhou a vida nos olhos e beijou-lhe os lábios, cheio de futuro." É assim que me sinto de há uns dias para cá... :)

2 comentários:

KosmiCKhaoz disse...

Tenho de te dar os parabéns por mais uma coisa ;)

Tu sabes construir sucesso, não metes a carroça à frente dos bois :D
Sabes construir a base para o sucesso (ou rampa) e não pretendes começar por cima só porque é bonito!

Isto é algo que parece simples de se perceber mas a verdade é que nunca tinha visto ninguém faze-lo na prática!

Contigo já aprendi (entre outras coisas) que se tem mais a ganhar em dar saltos pequenos mas bem firmes (não quer dizer que não haja risco, claro) do que fazer um salto de monstro, ter um sucesso momentâneo (ou não) mas não ter fôlego e sustentabilidade para os próximos projectos!

Acho que isto é um elemento importante na estratégia da VGS, não pensar no projecto presente como o projecto, mas sim como um projecto que vai contribuir para algo maior e contínuo!

PS: Isto não foi bem uma resposta mas mais um aditivo ao post ;)

Raistlin disse...

Parabéns mais uma vez!